4 ferramentas para mudar sua vida

Atualizado: Mar 1

Eu usei quatro ferramentas que mudaram, por completo, a minha vida. Compartilho elas, e como aplicá-las, no artigo abaixo. Espero que possa ser útil para você como foram para mim =)


Eu já escrevi um livro, plantei árvores... Mas para não continuar no clichê, também já fiz a voz em português de um App de meditação (por essa você não esperava).

Ministro palestras, sou networker profissional, treinei centenas de pessoas e dei aulas de meditação para mais de 1.600.


É um bom currículo.

Mas olhando para 2013, encontro um Ricardo perdido, porque desconhecia seu propósito.


Eu vivia nervoso, muito agitado, sem perspectivas na minha empresa, mas isso não me impedia de acordar todo dia para trabalhar duro.


O que interrompeu esse movimento de "dar murro em ponta de faca" foi notar a tristeza nos olhos da minha esposa. Ela disse:

"Não quero mais essa vida para nós. Vamos embora."


Mas esse "ir embora" era uma fuga ilusória, pois a tristeza estava em seu coração. Quando ela descobrisse que, onde fosse, ia levar a infelicidade junto, seria penoso demais.


Então fiz um pedido silencioso. Clamei por uma solução.

E desapeguei do pedido, pois tinha muito a fazer para reverter a situação em que me encontrava.


Poucos meses depois - em uma curiosa história que terei prazer em lhe contar quando nos encontrarmos pessoalmente - começou ( e está longe de terminar) uma jornada de autoconhecimento e treinamentos intensivos.


Em pouco tempo entrei em contato com minha essência de uma forma que eu nunca teria imaginado ser possível. A partir de então não dava mais para voltar à vida de antes. E tudo se transformou.


Todo treinamento que ministro tem a energia que empresto de acreditar profundamente no potencial de transformação que pode ocorrer na vida das pessoas

Muitas pessoas fazem treinamentos de desenvolvimento pessoal. Para mim - em apenas alguns meses - virou estilo de vida, e então, profissão. O que eu fiz de diferente dos outros?


- Usei uma firme determinação - Que aprendi meditando, mas também vinda dos tombos que tomei (vamos fazer o favor de aprender com a vida, não é mesmo?)


- Usei as ferramentas adequadas para dar força a esse movimento. Eu vou passar as 4 ferramentas para você logo abaixo.


Você sente que algo não esta certo no mundo? Você busca por respostas verdadeiras, mas não sabe onde encontrá-las? Pois foram essas perguntas que trouxeram você até esse artigo. Vamos juntos em Busca da Felicidade!

Todas as pessoas querem uma vida melhor. Mais próspera. E prosperidade pode ser abundância financeira, pode ser trabalhar com o que se ama, ter saúde, encontrar o companheiro ideal. Prosperidade pode ser deixar um legado ou ter a chance de ajudar os outros sem querer nada em troca.


Quando você se determina a buscar a felicidade e percebe que ela não está fora, mas dentro de você, é normal não saber direito como proceder.


Isso acontece porque, para mudar sua vida, precisa antes saber quem você é!


Se conhecer é um estado de integração consigo mesmo com tamanha fluidez que a contradição deixa de existir. É uma condição onde observamos conscientemente o que acontece conosco e ao nosso redor.


Para esse estado de plenitude ser possível, você pode iniciar com essas quatro ferramentas poderosas:


Experimentação - Empatia - Amar o que faz - Diversão

Experimentação


O conhecimento é muito importante na nossa vida. Chega um momento em que decidimos nos aprofundar, buscando mais informações sobre nossa missão, qual nosso propósito, qual o sentido da vida.


Se estivermos determinados a ter informações íntegras, vamos encontrar respostas valiosas em livros, palestras ou vídeos. Mas mesmo que esse conhecimento seja passado diretamente para você por um mestre espiritual ou por um empresário de sucesso, ele não vale nada se não for colocado em prática.


Muito conhecimento sem prática é tóxico. Seu intelecto fica cheio de razão, mas por falta de experiência, ele não se sustenta. Qualquer um que tenha experimentado qualquer coisa na prática, sabe mais que você na teoria.


No final, você fica defendendo suas ideias, em um exercício vazio de vaidade.


Leia e assista tudo sobre um País estrangeiro que você tem vontade de conhecer. Seu conhecimento não vale nada perto de quem foi viajar e passeou pelo lugar, experimentou sua culinária, teve acesso a cultura local, ouviu a língua falada pelo povo.


Se o seu momento é de aprendizado, ótimo! Conheça, se informe, busque por informações, mas lembre-se que nenhum conhecimento faz sentido se não for testado na prática.


Não acredite em nada do que eu digo! Só o que fizer sentido para você vai gerar fruto na sua vida. E só existe uma forma de saber disso. Experimentando.


E aí acontece o primeiro milagre. Experimentando, você transforma conhecimento em sabedoria.


Empatia


Se relacionar verdadeiramente com as pessoas é um processo de entrega. A conexão profunda busca a essência e não a aparência. A intenção e não a forma. O contexto, que esta além do conteúdo.


Quanto mais você se aprofundar na prática da empatia, mais facilmente vai se conectar com as pessoas. Essa habilidade é preciosa em todas as áreas do relacionamento, sejam íntimos, sociais ou profissionais.


Se quisermos realmente escutar o que o outro tem a dizer, teremos que ir além do som das palavras. Teremos que entender o que o outro está sentindo.


A empatia vai além das palavras. Escuta o sentimento das pessoas.


Mas para conhecer o sentimento do outro, é necessário saber mais sobre nossos próprios sentimentos. Empatia é um rápido caminho de sucesso nas relações.


Amar o que faz

Amor é um estado de ser. Costumamos entender o amor como algo externo. "Eu amo alguém, ou eu amo algo". Na verdade, quando nos tornamos mais amorosos, tudo vira amor e então você começa a atrair o que você ama para perto de si. Eventualmente você atrai o trabalho (ou atividade) dos seus sonhos ou, o mais surpreendente, começa a amar o que já faz.


Parece distante da sua realidade? Pois saiba que os dois primeiros milagres - Experimentação e Empatia - são as chaves para aplicar nos seus talentos.


Boa parte das pessoas não tem certeza da sua vocação e isso as impede que sejam felizes no trabalho.


Ser produtivo é ter foco. A harmonia entre as áreas da vida, alinha nossa visão interna, que se desdobra em uma clareza externa, que traz felicidade e prosperidade. Lembre-se: não acredite em mim. Experimente!


Diversão

A palavra diversão vem do Latim divertere, que significa "mudar de direção". Uma piada nada mais é que uma história com um raciocínio linear que, no final, segue por um caminho diferente do que se esperava. Quando se surpreende, você ri.


A diversão não precisa ser necessariamente engraçada, mas funciona melhor com bom humor.


Quando a vida lhe traz mudanças inesperadas de direção e você sabe lidar com elas, seja contornando, se esquivando e até encarando-as de frente, se possível com bom humor (em vez de ficar reclamando) então você se diverte!


Aprenda a conviver com a impermanência da vida. Aprenda a ter domínio sobre a mudança de direção, sem apego.



As ferramentas do escultor

Ao ver a imagem acima, você pode pensar, o escultor é um treinador, o cinzel é o treinamento, a pedra somos nós e a obra é a pessoa que vai sair ao final do treinamento.


Mas não é assim que funciona. O escultor somos nós mesmos e essa é a beleza do processo, pois quando não houver um treinador por perto, o escultor que habita dentro de nós continua lapidando a rocha, transformando-a, moldando-a, dia a dia, em uma obra de arte chamada autonomia.


As quatro ferramentas

Experimentação - Empatia - Amar o que faz - Diversão

Permitem que sua busca seja pessoal e não dependa de ninguém. As quatro ferramentas são milagres que abrem portas, mas é você quem tem que entrar.



Tenha um bom dia, todos os dias!

0 visualização
CONTATO

Av. dos Parques, 45

Alphaville, SP - 06544-300

​​

WhatsApp: (11) 9 5602 1120

Youtube: Aqui Tem Negócio

Instagram: @ricardo.ricchini

Linkedin: ​Ricardo Ricchini

Facebook: Ricchini Consultoria e Treinamentos

©Ricchini - Consultoria e Treinamento